O que você faz quando sente raiva ou algum dos 7 pecados capitais?

Querido viajante cósmico,

7 pecados capitais

Clique na imagem

Então, como diz o boa paulistano. Então?

 

Ah, os tais dos 7 pecados capitais. Nossa Mauro, você vai falar dos 7 pecados capitais?

 

1 – A Gula

A gula é o desejo insaciável, além do necessário, em geral por comida, bebida. Segundo tal visão, esse pecado também está relacionado ao egoísmo humano: querer ter sempre mais e mais, não se contentando com o que já tem, uma forma de cobiça. Ela seria controlada pelo uso da virtude da temperança. Do latim gula

 

Você nunca sentiu uma vontade enorme de comer muito? Nunca sentiu uma vontade enorme de ter abundância ilimitada? Pois então, lembre-se, o Universo é abundante por natureza, logo, sendo você participante deste Universo, nada mais do que natural, você ser abundante. Gula, de forma alguma, é ruim. A gula nada mais é do que uma percepção longínqua de que somos abundantes por natureza. Portanto, livre-se deste pecado e é provável, que você terá uma vida abundante. Está escrito que aquilo que você não tem, será tirado, e aquilo que você tem, será lhe dado em borbotões. Ou seja, se você se sente em falta de abundância, assim será, se você sente abundância, assim será.

2 – A Avareza

É o apego excessivo e descontrolado pelos bens materiais e pelo dinheiro, priorizando-os e deixando Deus em segundo plano. É considerado o pecado mais tolo por se firmar em possibilidades. Na concepção cristã, a avareza é considerada um dos sete pecados capitais, pois o avarento prefere os bens materiais ao convívio com Deus. Neste sentido, o pecado da avareza conduz à idolatria, que significa tratar algo, que não é Deus, como se fosse deus.

 

3 – A Luxúria

A luxúria (do latim luxuriae) é o desejo passional e egoísta por todo o prazer sensual e material. Também pode ser entendido em seu sentido original: “deixar-se dominar pelas paixões”. Consiste no apego aos prazeres carnais, corrupção de costumes; sexualidade extrema, lascívia e sensualidade. Do latim luxuria

 

4 – A Ira

A Ira é o intenso e descontrolado sentimento de raiva, ódio, rancor que pode ou não gerar sentimento de vingança. É um sentimento mental que conflita o agente causador da ira e o irado. A ira torna a pessoa furiosa e descontrolada com o desejo de destruir aquilo que provocou sua ira, que é algo que provoca a pessoa. A ira não atenta apenas contra os outros, mas pode voltar-se contra aquele que deixa o ódio plantar sementes em seu coração. Seguindo esta linha de raciocínio, o castigo e a execução do causador pertencem a Deus. Do latim ira

 

5 – A Inveja

A inveja é considerada pecado porque uma pessoa invejosa ignora suas próprias bênçãos e prioriza o status de outra pessoa no lugar do próprio crescimento espiritual. É o desejo exagerado por posses, status, habilidades e tudo que outra pessoa tem e consegue. O invejoso ignora tudo o que é e possui para cobiçar o que é do próximo. A inveja é freqüentemente confundida com o pecado capital da Avareza, um desejo por riqueza material, a qual pode ou não pertencer a outros. A inveja na forma de ciúme é proibida nos Dez Mandamentos da Bíblia. Do latim invidia, que quer dizer olhar com malícia.

 

6 – A Preguiça

A Igreja Católica apresenta a preguiça como um dos sete pecados capitais, caracterizado pela pessoa que vive em estado de falta de capricho, de esmero, de empenho, em negligência, desleixo, morosidade, lentidão e moleza, de causa orgânica ou psíquica, que a leva à inatividade acentuada. Aversão ao trabalho, frequentemente associada ao ócio, vadiagem. Do latim prigritia

 

7 – A Orgulho ou Vaidade

Conhecida como soberba, é associada à orgulho excessivo, arrogância e vaidade.

 

Eu descrevi apenas a gula. Primeiro: Não existe pecado. Ah, se não existe pecado, nem sequer existem os 7 pecados capitais. Pura invenção, pura ilusão. Posso juntar ao pecado, a palavra karma, que na verdade é uma forma escondida de pecado. Karma também não existe, mas se você acredita, assim será. Eu não estou dizendo que você deve ser guloso ou irado, ou sei lá o que, mas o que eu quero dizer é que você tem permissão para ser do jeito que você quiser.

 

Pecado é uma forma que você mesmo criou para se esconder de você mesmo.

 

Mas, a pergunta que eu faço: Quem escreveu essas regras? Deus? Questiono de forma ostensiva, você já leu essas regras e sentiu como você deve ser comportar para chegar ao céu? Claro, faça assim, senão o Satanás vai te pegar.

 

Mas, mas, mas, Então? Pois é, e agora como é que você vai fazer quando sentir ira? gula? E aqueles outros cinco pecados capitais ou qualquer outro tipo de pecado?

 

Quer saber? Uma das maiores dificuldades dos seres humanos deste maravilhoso planeta, é sentir. Sim, sentir. Ah, então Mauro, você quer dizer que devo sentir os 7 pecados capitais quando eu me vejo de frente para eles? Como a raiva? Sim, isso, simples assim.

 

É, mas sua mente vai dizer, não, eu não devo sentir raiva, nem gula e nenhum destes 7 pecados, ou qualquer outro pecado. Como vou fazer, assim, não vou para o Céu e muito menos me tornar um iluminado, um mestre de mim mesmo, vou para o inferno.

 

Quer saber? Joga este monte de lixo, de não pode ser assim, assado, aquilo, blá blá blá, e viva sua vida, sinta aquilo que vem para ser sentido. Para você liberar os demônios do pecado, você deverá vive-los, senti-los.

 

Se eu lhe dissesse que a raiva pode criar coisas maravilhosas, você acreditaria? Hum, acho que sim, mas daqui a pouco você vai deixar sua mente entrar na conversa e dizer: Eu não posso sentir raiva. Eu digo, pode sim senhor(a), não só pode, como jamais deve reprimir sua raiva, sinta-a em toda a sua glória e deixa a ir, nunca, jamais, deixe de viver qualquer coisa na sua vida, seja pecados capitais, ou qualquer outra coisa porque você acredita em algo que o outro disse ou fez.

 

Só tem uma pessoa que pode viver sua vida, seus pensamentos, seus sentimentos, suas dores (doi ainda?): Você. Pare de colocar a responsabilidade da sua vida nas mãos de outros e o mais engraçado é que geralmente estes outros são completamente mal resolvidos.

 

Sim, não tem nada de errado em sentir qualquer coisa, seja raiva, gula ou este monte de coisas. O lixo está naqueles que dizem para você não sinta, para que você não se ame, para que você não seja o Deus que habita em você.

 

Ah, eu decidi escrever textos rápidos, sempre puxando o tapete, não gosto de textos longos, demora para ler, logo?

 

Eu Sou Mauro Muller, Eu existo

Oh-Be-Ahn

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: