A Teoria da Conspiração – Uma nova visão

Querido viajante cósmico,

A Teoria da Conspiração - Uma nova visãoJá faz um tempo que quero escrever algo sobre este assunto que muito se fala pela internet: As conspirações, ou melhor, a Teoria da Conspiração.

 

Atualmente estamos fazendo uma grande viagem de despertar a nível global e obviamente o assunto Teoria da Conspiração sempre vem à tona. Eu já li textos que até o diabo tem medo de ler, e olha que nem o diabo sequer existe.

 

Muitos dizem: Você vê? Eles fazem isso, eles são déspotas, eles controlam, eles roubam, eles isso, eles aquilo. Mas, eles fazem isso por que? Sim, você sabe a resposta.

 

O que eu tenho a dizer sobre este assunto é algo que provavelmente você nunca leu na internet: Quem controla quem? Quem evita que o outro lado caminhe diante de uma expansão de consciência? Os déspotas ou as vítimas?

 

É muito fácil se colocar no lugar de vítima e apontar o dedo para o outro lado dizendo que eles são os déspotas, os controladores, eles não me deixam crescer. Ah sim, o mais engraçado é que aqueles que se julgam vítimas, são os que sempre estão apontando o dedo para os tais déspotas. Você já viu um déspota vir até a internet reclamar das vítimas dizendo: “Eu não aguento mais estes déspotas travestidos de vítimas, quando eles vão parar?”

 

Quem é vítima de quem? Quem é opressor de quem? Com certeza os 2 lados, que fazem um jogo, um jogo que já está na hora de terminar, o jogo da eterna luta do bem contra o mal, ou se quiser, do mal contra o bem: o jogo da dualidade.

 

Você pode dizer: Mas Mauro eles não nos deixam caminhar. Ah, amigo, o Universo é perfeito e sempre vai manifestar sua vontade, sabendo você ou não.  Se você pediu para alguém lhe controlar em muitas áreas de sua vida, eis que o Universo, sabiamente e providencialmente, vai apresentar-lhe o seu déspota, e vice versa. Sim, pode ser claro para muitos, este jogo, só vai terminar quando um dos 2 lados não quiser mais jogar. Simples, fim de jogo.

 

Em um momento bilhões de pessoas disseram: Queremos saber como viver, como isso, como aquilo, e este monte de coisas em que as pessoas pedem para saber o que fazer. Ah, sim, mais uma vez, o Universo, prontamente e sabiamente, envia para os bilhões os tais déspotas.

 

Mas essa visão de que ambos lados fazem o mesmo “mal” para o outros se baseia no seguinte: Vamos supor que você tem o habito de ser um déspota em todas as suas vidas e que você quer terminar com este habito, não que ele seja ruim, mas que quer terminar. Mas, de uma forma, se você pensar bem, vampiresca, existem aqueles que ainda rezam por um salvador. Eis que aqueles que ainda estão viciados nas suas aventuras como déspotas, são pegos no meio da consciência de massa, tornando-se assim, mais uma vez, e outra, e outra, um déspota. E, se não vem como déspota, pode ter certeza que vem como vítima. Assim, a roda vai girando, girando, girando e girando.

 

Mas, eu pergunto novamente: Quem é vítima de quem?

 

Já não estaria na hora deste jogo terminar? Será que ambos os lados, depois de milhares de anos, não estão cansados?

 

Por que será que a tal NWO (New World Order – Nova Ordem Mundial) está ou já foi implantada? Claro, porque o jogo continua. Para que os déspotas façam seu glorioso trabalho, é necessário que as vítimas estejam prontas para isso.

 

Pergunto novamente: Quem é vítima de quem?

 

Você percebe? Não existem culpados, não existem vítimas, nem deveria existir sequer o medo, mas estamos tão condicionados que sequer nos lembramos que tudo isso acontece porque estamos procurando o caminho de casa, o caminho do Lar, do verdadeiro Lar. Mas amigo, antes de aportar neste Lar, você deve compreender que isso é um jogo, e que neste jogo todos vamos sair vencedores, todos retornaremos ao Lar, você deve parar de julgar, parar de apontar o dedo para o outro, pois, o Universo, quando você julga, sempre está falando de você, sempre mostra aquilo que você ainda não compreendeu, ou se compreendeu, não se permite.

 

Eu sei o quanto isso é difícil, pode ter certeza, eu passei por um processo muito duro para compreender tudo isso e vir aqui para falar isso com absoluto amor que carrego no meu coração. Não percamos mais tempo em apontar o dedo, não percamos mais tempo julgar, mas isso não quer dizer que vamos perder o nosso discernimento, de forma alguma.

 

Existe um dom angélico que todos carregamos: A compaixão. Você consegue compreender? Compaixão?

 

O mais interessante é que muitos de nós contribuímos para que este jogo prossiga, ninguém aqui está isento, pode ter certeza. Então, se alguém que lê este texto e sabe que contribuiu para isso, por que julga o outro que está fazendo a experiência?

 

Quanto mais pessoas perceberem este jogo, quanto mais pessoas sair disso, menor será o fardo daqueles que insistem neste jogo. Eu não estou julgando se o jogo é ruim ou errado, apenas estou dizendo que é um jogo. Da mesma forma, que sempre falo sobre a mentira, a mentira em si não é ruim, mentira é apenas mentira. Mas, como eu sempre digo, a mentira ferida, isso sim, gera um grande problema. E queira ou não, a humanidade está sendo convidada para resolver essa quantidade enorme de energias feridas, aliás, eu tenho que dizer, isso não tem mais volta, isso deverá ser resolvido a nível pessoal e coletivo. Posso dizer pelo menos por mim, estou cansado de tudo isso, mas ao mesmo tempo me regozijo por entender de tudo isso de uma forma amorosa.

 

Então, o que você escolhe?

Eu Sou Mauro Muller, Eu existo, em serviço à você

Oh-Be-Ahn

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: