Vamos avançar?

Avançar para a liberdade

Estou realmente impressionado com a mesma dificuldade de sempre que as pessoas tem de entender o óbvio. Você pode dizer: O óbvio? Sim, quando você tira da frente sua mente e seu humano teimoso, tudo se torna muito óbvio.

 

Sim, eu tenho os pés atrás sobre canalizadores, mas isso não quer dizer que todo o material é ruim, e algumas canalizações são muito boas de fato e eu realmente gosto delas, não porque os textos são belos e tudo mais, mas porque eu passei por cada pedaço do processo, conheço cada centímetro da jornada, além do fato de que eu adoro observar o sentimento de luta que as pessoas fazem ao ler este tipo de texto.

 

Nós não vamos retornar para a Unidade de Deus, não mesmo, estamos indo para a nossa própria soberania como Deus, até mesmo continuando ligado à unidade do Todo. Ou seja, nós estamos deixando ir o famoso “SOMOS TODOS UM” para encarnar o próprio UM, e isso é uma grande diferença.

 

Para chegar à este estado de Deus, as pessoas tentam de todas as formas, todas as regras, tudo que encontram pela frente, para tentar “achar” um caminho para se aproximar, pelo menos um pouco, da tão sonhada liberdade.

 

Você que acompanha meu blog, sabe que eu já me expressei de formas diferentes, e isso eu fiz justamente para demonstrar um pouco da liberdade que carrego comigo e ainda, pasmem, tenho que ouvir de algumas pessoas que preciso manter meus textos coerentes. Pois bem, meus textos são coerentes com minha liberdade, são coerentes com quem eu realmente sou, não estou preocupado em ser coerente para quem quer que seja, pois minhas palavras e meus textos se tornariam vazias e vazios, eu escrevo aquilo que tenho experiência.

 

Você já deve saber, liberdade não tem nada a ver com seguir Jesus ou um padre, ouvir isso ou aquilo, peregrinar, monastérios, e este monte de conversa sobre Unidade e sobre o amor. Liberdade é você perceber que você já é quem você procura  e que tudo que você busca e procura já está aí e que nenhum Deus, a não ser você, está lhe punindo. Mas, enquanto você procurar fora, você não vai a parte alguma, ou seja, vai continuar na mesma e eterna situação. Mas, mesmo sem saber, mesmo na mesma situação de sempre, você está exatamente onde você deve estar para dar o tão sonhado passo rumo à liberdade. Tem um último detalhe, quando você para de procurar: Bingo.

 

Eu sei como isso é difícil, sei como é doloroso, e no meu caso, acredite, eu não tive escolhas, eu fui empurrado até resolver tudo, até que não sobrasse absolutamente nada. É difícil, mas por um milagre, quando você percebe que perdeu tudo, de forma mágica, você ganhou tudo. Você ganhou tudo em se permitir ser quem você de fato é, na sua individualidade divina: Eu Sou Deus também. Como eu já falei algumas vezes neste meu blog, você pode usar sua imaginação, faça, para se livrar de tudo aquilo que não permite você ser quem você é, eu lhe garanto, se assim você fizer, principalmente naquilo que você tem medo, você não vai se arrepender. Está com vontade de explodir o Universo ou fazer qualquer outro tipo de coisa que você acredita que não pode, mas no fundo você está “louco” para fazer, use sua imaginação. Garanto, sua imaginação ninguém pode roubar e muito menos vigiar, não mesmo.

 

Algumas coisas engraçadas acontecem quando você finalmente chega ao local do “Eu existo”: as pessoas ficam tentando o tempo todo lhe trazer de volta, elas ficam tentando lhe mostrar o mesmo jogo de sempre, não que elas fazem isso com maldade, mas porque elas tem medo de brilhar a própria luz e de uma forma pessoal, tentam abafar sua luz, pois não conseguem perceber a própria luz. Mas isso é em vão, não funciona, ao contrário, quanto mais as pessoas tentam isso, mais nos aproximamos do destino final: “Eu existo, Eu Sou, Eu Sou Deus também”.

 

E por mais que você queira mostrar isso para as pessoas, mais elas se fecham. Elas sabem que tem algo diferente em você, mas mesmo assim não estão dispostas a perguntar, pois o preço que se paga pela liberdade é muito alto, ou até mesmo, de repente elas soltam aquela incrível frase: “É uma questão de opinião”, e o mais engraçado, as pessoas de fato pensam que eu não estou percebendo o jogo infantil delas. Afinal, é uma questão de opinião.

 

Não foi por falta de escrever aqui no blog, mas o questão mais complicada é amar nossa escuridão. O mais incrível, nossa escuridão, aquela que escondemos à sete chaves, foi vivida por nossa divindade. Senão abrir as portas da escuridão, você não vai a parte alguma, vai continuar uma, e outra, e outras vidas, até perceber que você nunca fez nada de errado, absolutamente nada. Por isso mesmo, eu escrevo no meu blog assunto completamente antagônicos, justamente para mostrar aos mais atentos, que nunca fizemos nada de errado. Mas, a pergunta que eu faço: Você quer avançar ou quer continuar o eterno jogo?

 

Mauro, você não sabe sobre as conspirações, sobre os anunakis, etc. Eu fico apenas rindo, pois assim como muitos, eu fui à fundo neste assunto, mas percebi que isso era só uma miragem perto do que estava por vir e realmente fico impressionado como as pessoas, algumas até muito bem informadas e despertas, continuam neste jogo que não vai levar ninguém a parte alguma, ou seja, vai mante-los no mesmo lugar de luta. Claro, é mais fácil você jogar a culpa em outro do que assumir total responsabilidade sobre sua criação, “realmente é mais fácil.”

 

Acho que este texto está de bom tamanho. Lembre-se, a única saída é viver a escuridão. Nada, absolutamente nada tem o direito de você ser você, a única e sagrada alegria de viver do seu jeito, do jeito que for.

 

Mas não se esqueça, eu não gosto de canalizações, não existe um consenso, a maioria, 99%, é pura manipulação. Em vista disto, eu adoro canalizar a mim mesmo. Como eu sempre digo, o caminho é sempre com você. Ninguém vai fazer isso por você. Então?

 

Se você quiser saber mais, por favor, marque sua Aula Privada.

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: