A falsa caridade

La_charite_francois_bonvin (1)No meu antigo e falecido blog, eu escrevi um texto sobre caridade. Aqui, vou tentar reproduzir aqui um pouco daquele texto, já que a ideia eu me lembro perfeitamente.

.

Caridade (lat caritate: Amor de Deus e do próximo. Benevolência, bom coração, compaixão. Beneficência, esmola.) é um termo derivante do latim caritas (afeto, amor), que tem origem no vocábulo grego chàris (graça).

.

Então, o que acontece quando estamos passando pela rua ou qualquer local e observamos uma pessoa, ou que sejam muitas, passando necessidade? Ah, claro, o bom coração, vamos dar de comer, beber e roupa. Sim, eu concordo com isso, não sou eu que vou dizer o que você deve ou não fazer, como eu sempre falo, você é livre e jamais vai interferir na realidade de quem quer que seja.

.

Mas, será esse o fim do trabalho? Assim como a Bolsa Família? Será apenas isso que estes seres, tão divinos como todos nós, merecem? Não haveria algo a mais para “dar” para estes “divinos” e desvalidos?

.

Sim, muitos deles, até pelo aperto do momento, querem é isso mesmo, comida, água e roupa. Mas, eu sei, eu já vi, alguns querem mais, mas mesmo assim, querendo mais, o que eu vejo ser feito é uma aptidão inescrupulosa daqueles que supostamente auxiliam: manter estes seres na mesma e velha posição: “Olha, você é um mendigo, não existe nada que você possa fazer quanto à isso, portanto, você só pode receber por caridade” e tem algo mais terrível: “É isso que tem pra hoje, não reclame, é de graça”. Lamentável. Pensando que estão resolvendo algo, na verdade estão perpetuando toda essa meleca.

.

Claro, que estou aqui me referindo ao mendigo e desvalido, mas este texto pode ser expandido para qualquer outro tipo de situação.

.

Será que eles, depois de receber a varinha de pescar, não querem aprender a pescar? Será que eles não querem receber a relembrança de quem realmente são? Não, muitos dizem, e eu inclusive já ouvi isso em muitos lugares, que eles não estão preparados para receber consciência. Engraçado que eu já ouvi isso de pessoas que também não possui condições de ensinar qualquer coisa real para estes desvalidos, pois de alguma forma também são desvalidos e nem mesmo sabem do que se trata relembrar a consciência.

.

Você pode perceber, meu blog é aberto, eu escrevo para todos, não faço assepsia de quem pode ler ou não, a única coisa cobrada aqui são as Sessões Privadas e o NESPER – Reintegrando você com VOCÊ, Liberando-se da dualidade, ativando DNA adormecido e acessando o amor incondicional por tudo que É, o restante é gratuito.

.

Quem são essas pessoas que acusam o outro de que ele não está preparado para receber a relembrança de QUEM são? São os mesmos de sempre, que com medo de se olharem no espelho, perpetuam toda essa sujeira que vive a humanidade, afinal, apenas uns poucos podem exercer seu papel com liberdade. Desculpe, mas me veio uma pergunta e eu quero faze-la à você: Você conhece a verdadeira história de Madre Tereza de Calcutá?

.

Portanto, é o desvalido auxiliando o desvalido, e disso realmente não podemos tirar muita coisa, a não ser a mesma coisa de sempre: a miséria e a fraqueza. Alguns, mais espertos, lançam mão de um ditado da Bíblia: “Não dê pérolas aos porcos”. Sim, este ditado pode ser valido em algumas situações, mas pode não ser válido em outras situações, mas de alguma forma não passa de um ditado julgador, pois aquele que acredita que o outro não pode ouvir a verdade é um grande apontador de dedo para os outros ou mesmo um ceifador de liberdade alheia, um idiota. Aliás, além disso, ele mesmo não sabe a verdade.

.

Você percebe que a maioria é tolida de exercer sua essência e divindade com liberdade? Sempre tem alguém, isso está por todo o lado, que aponta o dedo para nós? O mais engraçado, como eu sempre digo, no meu caso às vezes me faço de bobo.

.

Sim, eu me faço de bobo, mas e quanto aos outros? Sim, não podemos mudar os outros, isso é um processo individual e intransferível e não existe nada a ser feito, a não ser, dar consciência, pois só comida, água e roupa não vai tirar a maioria de lugar algum, pelo contrário, vai perpetuar a mesma situação. Se a pessoa não aceitar, que sigamos o nosso caminho, mas, jamais, nunca, devemos dizer se alguém está preparado para receber um upgrade de que são divinos e maravilhosos.

.

Ah sim, eu me faço de bobo e assim vou colhendo assunto para escrever para vocês, pois, podem ter certeza, liberdade é algo que se paga caro.

.

Impressionante como as pessoas julgam aqueles outros desvalidos, afinal, cumpriram sua missão, pois ajudar um desvalido e podem seguir em frente.

.

Sabemos que ninguém interfere na realidade de quem quer quer seja, mas isso não quer dizer que não podemos ajudar, pois muitos, como sabemos, estão prontos para ouvir.

.

Para fechar: E se aqueles que estão sempre julgam os desvalido, fosse um desvalido, o que acharia disso tudo? Claro, este texto não se estende àqueles que sabem sobre o que eu estou falando.

.

Mauro Muller

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: