A crise de identidade

Resultado de imagem para identidade

Recentemente eu ouvi através de uma pessoa que alguém lhe disse que era um isso, um aquilo e um filosofo. UAU, o cara é demais, além de tudo, um filósofo. “Fala a verdade!!!”. Ah, eu sou um “isso” e um “aquilo” e um “isso outro”. Pois é, estamos sempre rodeados de pessoas cheias de identidades, inclusive nós mesmos.

.

Só isso? Eu sou isso, aquilo, blá blá blá e é assim que sou? Ops, será?

.

Pois vejamos, embora você pode não acreditar, tudo que você vive é uma atuação, um grande teatro, não é o real você. Assim, com essa crença, a vida passa e então, de repente você simplesmente desencarna e tudo que você pensava que você era se “desfaz”, fazendo com que você perceba que você é muito mais do que você pensava que era. Aí, “eu tenho que voltar”, você nasce novamente e cria outras identidades, afinal, neste mundo da 3D, precisamos ter uma identidade para nos afirmar e isso é perfeitamente compreensível, faz parte de nossa jornada humana.

.

Como você se esqueceu QUEM você realmente é, você também esqueceu de como voltar para a casa e fica executando este padrão de “finitas identidades” infinitamente. Ah, mas suas identidades simplesmente não desaparecem, não existe possibilidade. Por exemplo: se você foi um déspota em uma vida qualquer, este aspecto, déspota, vai com certeza continuar a existir, podendo até mudar o padrão, mas isso é outro ponto a ser discutido. É provável que ele não mais será um déspota, mas sua obrigação é amá-lo e permitir-lhe a liberdade. Imagine você tentando mudar um aspecto de déspota, você não vai conseguir, aliás, se tentar, você vai afundar mais e mais.

.

Não, não e não, está na hora de você terminar com isso tudo e brilhar sua Luz para o mundo.

.

Eu não estou querendo dizer que você não pode ter sua identidade, absolutamente não é nada disso, apenas pergunto: você é um “amontoado” de “finitas identidades” ou tem algo mais?

.

Sim, claro que tem, se assim não fosse, eu não estaria escrevendo sobre o assunto. Sim, este algo mais, não chega a ser bem um algo mais, na verdade, o algo mais não é este amontoado de identidades, pois o grande ALGO é o Eu Sou em você, sua inviolável consciência, que cria nada e também cria tudo que você vê no seu Universo e também cria suas identidades, aquela que cria tudo por você e para você. Sim, de alguma forma é nenhum identidade e a mesmo tempo “infinitas identidades”.

.

As pessoas em geral tem dificuldade de saber que tudo isso aqui é apenas uma atuação. Isso que vivemos aqui, por si só, não é verdadeiro, sendo apenas um pequeno pedacinho da pequena ponta do iceberg. Quando digo não verdadeiro não estou dizendo que a jornada humana não é importante, pelo contrário, a jornada humana é belíssima e merece todo o nosso respeito, pois, foi através dessa jornada, que finalmente Deus se fez homem e o homem, desde que saia do caminho, vai lembrar como é ser Deus.

.

Como assim? Sim, eu não sou muito de ficar dissertando sobre coisas, eu sou bastante direto, e no caso, eu posso lhe dizer que você não é apenas um isso ou um aquilo, você é consciência pura que cria o tempo todo, que cria inúmeras e infinitas identidades, mas, por algum motivo ainda desconhecido da maioria, você se esqueceu disso e até mesmo não acredita, e fica acreditando que essa realidade e essa sua atual identidade é a única coisa que existe.

.

 

Eu estou em um momento de ser qualquer cosia que eu queira, as vezes de uma forma bem escancarada de atuação, as vezes me fazendo de idiota ou mesmo um intelectual. Mas, eu sei, não sou apegado à nenhuma destas atuações, eu simplesmente sigo em frente e posso se quiser, atuar da foma que quiser.

.

O mais incrível, eu posso estudar, jogar tênis, compor uma sinfonia, pilotar um avião e um monte de coisas, tudo ao mesmo tempo e dormindo. Como? Pois é, como diz um ditado popular. “Existe muito mais entre o céu e a Terra que nossa vã filosofia pode captar”.

.

Mauro Muller

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: